O Studio Marcelo Teixeira, que leva o nome do arquiteto joseense que o criou, nasceu em 2009. Recentemente a empresa se instalou no Centro Empresarial 2 do Parque Tecnológico em São José dos Campos.

O estúdio se destaca no uso de tecnologias para a arquitetura. "Nascemos dentro da incubadora de negócios do Cecompi, aqui mesmo no Parque, depois saímos e montamos escritório na cidade para esperar a oportunidade de voltar para cá e continuar nosso projeto tecnológico", explica a mulher e sócia de Teixeira, Helen Santana de Araujo Teixeira, 35 anos.

Segundo a empresária, o uso da tecnologia em arquitetura ainda é algo distante para o mercado. "É bem estacionado, na verdade. A gente busca novas aplicações, processos e sistemas. Pensamos desde como apresentar um projeto com paredes que se movimentam, mostrar projeções 4D, e até na qualidade final que a tecnologia pode conferir a uma peça ou espaço", diz.

Aeronaves 
Quando você entra em um avião, por exemplo, são designers como Teixeira que definem onde cada detalhe deve estar posicionado, a distância entre os bancos, seu formato, textura, até mesmo cor. "No nosso trabalho, buscamos satisfazer o cliente estudando o seu comportamento. Cada cliente é diferente, tem os que querem ostentar e investir em tecnologia, tem quem investe por conforto e saúde. Nós buscamos inovar", afirma Helen.

O Studio Marcelo Teixeira conta em sua carteira com mais de 100 empresas, tanto no ramo de arquitetura quanto na área aeronáutica, como a Embraer e a Airbus. Famosos como o global Luciano Huck e a atriz Mylla Christie são fãs dos projetos da empresa.

"O Huck queria que o interior de seu helicóptero tivesse os bancos da mesma cor que os de seu carro, caramelo. Tivemos ainda a proposta de fazer, além de um revestimento bonito, costuras diferentes e um formato mais confortável. Ele gostou, foi um trabalho muito legal", conta a empresária.

Outro caso lembrado por Helen foi quando a atriz Mylla Cristie se apaixonou por uma cadeira criada por seu marido. "A peça estava exposta no Casa Shopping, em São Paulo. Era uma cadeira feita para um mercado e a Mylla queria a cadeira. Então nós fizemos uma e mandamos para ela", revela.

Marcelo Teixeira está de volta ao Brasil nesta quinta-feira (6), depois de voltar de uma exposição da qual participou na Arábia Saudita. Apesar da presença internacional, o Studio ainda não conquistou clientes fora do Brasil. Este é um dos planos do jovem casal de empresários para o futuro.